Fábio Alexandre
Decent, de propriedade de Adelcio Menegolo, é uma das forças da última prova de amanhã.

Vindo de vitória em prova especial, em Cidade Jardim, enfrentando boas éguas do turfe paulista, Saga Sureña reaparecerá como favorita do tradicional Clássico Primavera, uma das provas de maior tradição do turfe paranaense, que vem sendo realizada desde 1942, no antigo Guabirotuba. A decisão da dupla, porém, promete decisão mais equilibrada, entre as quais Seduce Minister e Queen Joliette. Uma corrida, portanto, que ganha importância não só pela categoria das éguas inscritas, como também por sua tradição.

Paneveggio, que estreou com vitória no Grande Prêmio Cidade de Palmeira das Missões, deve fazer valer sua velocidade, defendendo a farda do Stud Mandrake. A decisão da dupla apresenta-se mais equilibrada, figurando Robalo Flexa e Rapariga Halo como forças imediatas.

A terceira prova apresenta-se com duas forças: Dá-lhe Mossoró, que vem de três terceiros, sendo dois aqui e um em São Paulo; e Bienpensado que fracassou em Cidade Jardim, quando foi muito jogado, mas teve problemas. Os demais competidores figuram com menos chance de vitória.

A reforçada parelha Quorum Máximo/Quarto Escuro destaca-se como provável favorita da quarta prova, mas Kinder Boy, vindo de duas vitórias, aqui e em Cidade Jardim, também atuará com amplas possibilidades, figurando a dupla como indicação mais segura. Never Love poderá ser a diferença das duas forças.

O Prêmio Edmir Silveira D?Avila, na distância de 1.200 metros, promete movimentada decisão. Quarter Gipsy, vindo de vitória no Tarumã, figura como candidata do retrospecto, mas não será fácil ganhar de Hiper Misasu, que vem de vitória em São Vicente, derrotando bons animais. A dupla é indicação mais segura. Entre os demais competidores, vamos destacar Pacaccio, que atravessa fase de evolução, podendo, com percurso favorável, surpreender as duas forças.

Karo Dutchman, vindo de uma série de boas atuações, atuará com muita chance no sexto páreo, podendo correr como favorito. O pilotado de Rafael Rosário, porém, terá que correr muito para derrotar o estreante Mercantilista, embora tenha chegado descolocado em suas últimas apresentações. Entre os demais competidores vamos destacar Gabiru Boy e Jura de Amor.

Tyara di Josefine, vindo de bom segundo em São Paulo, é o destaque do sétimo páreo, figurando a dupla como indicação mais difícil. Xara?s Bronze, pelo retrospecto, é a melhor indicação para a dupla, mas Roi Nantes e Barra Nova, esta vindo de segundo para Cezar Profeta, também  podem brigar pelas primeiras posições.

A oitava prova apresentando-se com sete produtos de três anos, promete difícil decisão, sendo arriscado apontar qualquer um dos competidores como favorito. Nestas primeiras considerações vamos destacar como forças Magic Art, Bengal Tiger e Bold Heart, os três vindo de segundo, mas os estreantes The Best Gift e Sib Negri também estão muito cotados.

A penúltima prova apresenta-se com quatro forças num mesmo plano: Amigo Dodge, Nat Mountain, Akin Thunder e Rivarola, este um estreante que em 11 apresentações, em Cidade Jardim, conseguiu duas vitória e cinco colocações.

A prova de encerramento apresenta-se com nove animais da chamada especial D, na distância de 1.400 metros. Decent, vindo de boa vitória, pode ser o favorito, mas terá que correr muito para derrotar Tiger Of Cord e Landmann, figurando ainda como perigosos adversários. Jagunço e Independence Day, que são as forças imediatas.