Foto: Divulgação/Vipcomm
Aloísio formará o ataque tricolor ao lado de Leandro.

São Paulo (AE) – Um ambiente atípico envolve o clássico de hoje entre São Paulo e Corinthians, às 16h, no Morumbi. Apesar do equilíbrio que se espera do confronto pelo Paulistão, há muito tempo os times não viviam situações tão opostas. Parecem até ter trocado de papéis: de um lado, o time do técnico Muricy Ramalho luta contra problemas e desfalques; do outro, a equipe comandada por Emerson Leão aproveita a boa fase, após seguidos resultados positivos.

Embora neguem, os são-paulinos já estão com a cabeça na estréia da Libertadores (quarta-feira pegam o Audax Italiano, no Chile). Por isso, o resultado do clássico pode influenciar diretamente no ambiente do elenco – que só conta com dois atacantes para o duelo – Leandro e Aloísio – e teve a tranqüilidade arranhada pelas reclamações do lateral Júnior, que perdeu a posição para Jadílson.

Com Roger de volta à boa forma e graças à habilidade das revelações do clube, o alvinegro se recuperou das últimas derrotas e ganhou força para lutar pela liderança do estadual.

Também está em jogo um tabu que dura desde 2003, ano da última vitória corintiana sobre o rival: já são 11 jogos, com 6 vitórias são-paulinas e 5 empates.