Se por um lado o Paraná Clube vive um momento ruim neste começo de ano, o Sampaio Corrêa, adversário do Tricolor na segunda fase da Copa do Brasil atravessa uma boa fase. Os dois times entram em campo nesta quinta-feira (22), às 21h30, no Castelão, em São Luís. Apesar de não contar com uma equipe com grandes estrelas, o time nordestino é líder do campeonato estadual. De quebra, também está na ponta da classificação do seu grupo na Copa do Nordeste.

Apesar de perder a invencibilidade na temporada no último final de semana, quando foi derrotado para a Imperatriz, pelo Campeonato Maranhense, fora de casa, a equipe chega confiante para encarar o Tricolor. A equipe, que é comandada pelo técnico Francisco Diá, ainda não foi derrotada jogando no Castelão em 2018 e, se pelo menos repetir o feito, a decisão da vaga na terceira fase da Copa do Brasil será na cobrança de penalidades.

Poupados do duelo contra a Imperatriz, pelo Estadual, alguns jogadores retornaram ao time para encarar o Paraná Clube. O zagueiro Joécio, o lateral-esquerdo James e os volantes César Sampaio e Yuri estão à disposição do treinador e devem ser titulares no duelo decisivo contra o Tricolor.

O Sampaio Corrêa provou, na semana passada, que tem bala na agulha para encarar times da primeira divisão. Pela Copa do Nordeste, jogando no Castelão, o time do técnico Francisco Diá venceu o Ceará por 1×0 e garantiu a liderança provisória do grupo D da competição regional com sete pontos.

Uma prova de que o Paraná Clube terá dificuldades para conseguir avançar para a terceira fase da Copa do Brasil. Chegar à próxima etapa da competição nacional representa o ganho de R$ 1,4 milhão. Fator que, certamente, motivará ainda mais os dois clubes no duelo único e decisivo desta quarta-feira.