Na estreia do técnico Léo Condé, vice-campeão mineiro pela Caldense, o Sampaio Corrêa venceu o Macaé por 3 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Castelão, em São Luis, pela abertura da segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time maranhense manteve os 100% de aproveitamento, com seis pontos, porque na estreia tinha batido o Vitória, em Salvador. Fica, por enquanto, na liderança. O clube carioca permanece com três pontos porque na primeira rodada, em casa, fez 2 a 0 sobre o Santa Cruz.

O jogo começou equilibrado, com os dois times adotando o mesmo esquema tático: o 4-4-2. Atuando em casa, com o apoio da “torcida boliviana”, tomou as iniciativas ofensivas, tentando fazer uma meia pressão. Apesar disso, não chegou com perigo ao gol do visitante.

Do outro lado, nos contra-ataques, o time carioca foi perigoso em duas oportunidades. A primeira aos 33 minutos, após cabeçada de Anselmo, que Ruan espalmou e no rebote Pipico chutou forte, porém para fora. E aos 39, quando Aluísio invadiu a área pelo lado esquerdo e foi travado após a conclusão.

Quem não faz toma. Aos 41 minutos, Válber tabelou com Robert e após o cruzamento ele esticou o pé para mandar a bola para as redes.

No segundo tempo, o Macaé voltou melhor. Avançou a marcação e imprimiu velocidade ao jogo. Deu certo, tanto que empatou aos oito minutos. Após arrancada pelo lado esquerdo, a bola foi trocada na frente da área e rolada para trás. Henrique soltou a bomba e acertou o ângulo de Ruan.

Por alguns momentos, o Sampaio Corrêa ficou perdido. Mas o endiabrado Pimentinha botou fogo em campo. Aos 19 minutos, ele entrou na área em diagonal e bateu de pé trocado, de esquerda, para a defesa de Ricardo Berna para escanteio. Na cobrança saiu o segundo gol. A defesa não aliviou e Edvânio dividiu com os zagueiros. A bola tocou na sua canela e entrou.

Atrás no placar, o Macaé tentou ganhar força ofensiva com a entrada de Vitinho na vaga do meia Fernando Santos. Depois com Giovani na vaga de Anselmo. Mas o time não superou a boa marcação dos maranhenses, que ampliaram nos acréscimos de novo com o zagueiro Edvânio, que bateu de dentro da área.

Na próxima sexta-feira, pela terceira rodada, o Sampaio Corrêa vai até o interior de São Paulo para enfrentar o Mogi Mirim, que sofreu duas derrotas, a última para o Bahia. O Macaé vai receber o Oeste, na próxima terça, às 19h30, na abertura da rodada.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 3 x 1 MACAÉ

SAMPAIO CORRÊA – Ruan; Bruno Moura (Gil Mineiro), Edvânio, Luís Otávio e Raí ; Moisés Ribeiro, Diones, Rogério e Válber; Pimentinha (Cleitinho) e Robert (Jheimy). Técnico: Léo Condé.

MACAÉ – Ricardo Berna; Henrique, Filipe Machado, Brinner e Diego Corrêa; Gedeil, Juninho (Marquinhos), Aloísio e Fernando Santos (Vitinho); Pipico e Anselmo (Giovani). Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS – Válber, aos 41 minutos do primeiro tempo; Henrique, aos 8, e Edvânio, aos 20 e aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Diones, Moisés Ribeiro e Rogério (Sampaio Corrêa); Aloísio e Diego Corrêa (Macaé).

ÁRBITRO – Léo Simão Holanda (CE).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Castelão, em São Luis (MA).