Hoje e amanhã, o brasileiro Digiacomo Dias disputa nos Estados Unidos a última etapa do Circuito Mundial de Sandboard 2003. O palco decisivo será a duna de Sand Mountain, com cerca de 300m de altura, localizada na cidade de Fallon, em Nevada.

Após ter se sagrado tricampeão sul-americano e o primeiro brasileiro a dropar a maior duna do mundo (Cerro Blanco, com mais de 1.000 metros de altura), em Nasca, no Peru, durante o intervalo entre as duas últimas etapas do mundial, Digiácomo, 21 anos, é o único representante do Brasil que tem chances de assegurar o título mundial da temporada de 2003. Além dos brasileiros e americanos, o evento vai reunir canadenses, peruanos, australianos, europeus e chilenos. Após ter vencido a penúltima etapa do circuito (realizada no dia 14 de setembro, em Florence, também nos EUA), o paulista radicado em Florianópolis aumentou sua vantagem e segue tranqüilo na ponta do ranking com 200 pontos, seguido dos americanos Josh Teng e Erick Jhonson, respectivamente com 160 e 120 pontos. “Mesmo se eu ficar em segundo lugar nesta etapa, serei campeão”, explica Digi, que está próximo do bicampeonato mundial. A prova será de Big Air (saltos com manobras), especialidade do atleta e modalidade na qual se sagrou campeão mundial em 2001, na Alemanha.

“Para encarar os adversários, planejo executar um duplo mortal para frente”, finaliza Digiácomo.