O Barcelona decidiu neste domingo seu novo presidente. Trata-se de Sandro Rosell, que foi eleito com mais de 60% dos votos dos sócios do clube. Ele superou Agusti Benedito na disputa para substituir Joan Laporta, que ocupava o cargo desde 2003.

Rosell, que comandará o tradicional clube espanhol pelos próximos seis anos, se tornou o presidente mais votado do Barcelona. Ele recebeu 35.021 votos, ou 61.35% do total, deixando para trás Agustí Benedito, com 14,4%, Marc Ingla, que registrou 12,3%, e Jaume Ferrer, com 10,8%. Cerca de 48% dos sócios do clube participaram da eleição.

O novo presidente, que é formado em administração, já atuou como vice-presidente do clube entre 2003 e 2005, quando pediu demissão do cargo por divergir de Laporta. Antes, Rosell trabalhara no Departamento de Marketing dos Jogos Olímpicos de 1992, realizado em Barcelona. Ele é filho de Jaume Rosell, ex-diretor do clube.

Ao assumir o cargo, Rosell terá como primeira missão definir o futuro de Josep Guardiola. O treinador declarou recentemente que só decidirá um novo contrato com o clube assim que o novo presidente fosse eleito.

No comando do Barcelona, Rosell tentará superar as grandes conquistas de Laporta nesses últimos anos. Somente no ano passado, o time faturou todos os títulos que disputou, incluindo a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e o Mundial de Clubes da Fifa.