De Nova York, nos Estados Unidos onde participou do amistoso de sábado contra o Red Bulls, Neymar ligou para os jogadores que ficaram no Brasil e mandou um recado: “Se fizerem um gol, comemorem imitando a Estátua da Liberdade.”

Foi por isso que no gol de empate de André não houve dancinha alguma. Ele e os outros santistas ficaram parados, com os braços erguidos, como se segurassem uma tocha. E quando Paulo Henrique Ganso virou o marcador, nova homenagem ao colega. Neymar e o restante do elenco que viajou recebiam as informações do jogo em tempo real por rádio. Eles estavam no hotel enquanto a equipe jogava contra o Ituano.

Neymar não jogou neste domingo porque estava suspenso. O garoto recebeu cartão vermelho contra o Palmeiras. Não fosse isso, ele teria vindo neste domingo mesmo dos Estados Unidos junto com o técnico Dorival Júnior.

O treinador deixou a partida de sábado, que marcou a inauguração da nova arena do Red Bulls, antes do fim para conseguir pegar um avião e chegar a tempo de dirigir o time no Pacaembu. “Tinha de cumprir minhas obrigações com o Santos, que marcou o jogo. Mas hoje (domingo) estou aqui também”, disse o comandante.