O Santos está perto de resolver um dos mais sérios problemas do seu elenco. O volante Roberto Brum, que está fora dos planos de Vanderlei Luxemburgo, deverá ser emprestado a um clube que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. O subgerente de futebol, Luiz Antônio Ruas Cappella, disse nesta segunda-feira que o assunto está sendo tratado e parece ser o melhor caminho para o jogador e o clube.

Roberto Brum foi colocado pela diretoria santista à disposição para ser negociado a pedido de Luxemburgo. Ele entrou em rota de colisão com o técnico por ter reclamado ostensivamente com o árbitro Heber Roberto Lopes ao ser substituído no jogo contra o Flamengo, provocando o terceiro cartão amarelo que o tirou da viagem ao Recife para enfrentar o Náutico.

Luxemburgo acusou Brum de ser antiprofissional e ficou mais irritado com as recentes declarações do volante à imprensa, dizendo que estava sendo vítima de perseguição por parte de pessoas ligadas Robério de Ogum, ex-pai-de-santo do treinador. Atitude considerada imperdoável.

Com o afastamento do jogador, o Santos ficou numa situação difícil porque Brum tem contrato até junho de 2011, seu salário é alto e já participou de 14 jogos pelo Brasileirão, o que o impede de atuar por outro clube da primeira divisão. E nenhum time da Série B tem condições de pagar o seu alto salário. A solução deve ser o Santos arcar com metade dos vencimentos do jogador para diminuir o seu prejuízo pela metade.