O catarinense Ricardo dos Santos foi o dono do show domingo na Praia Brava, em Florianópolis, na etapa de abertura do 7.º Rip Curl Grom Search, campeonato exclusivo para os surfistas da nova geração, com até 16 anos de idade. O atleta da Guarda do Embaú venceu a categoria mirim, a principal do evento, fazendo uma apresentação impecável. Além dele, saíram vitoriosos na disputa, que reuniu mais de 120 surfistas de 9 estados e teve ondas de cerca de um metro, a paraibana Diana Cristina, na feminina; o paranaense Peterson Crisanto, na iniciantes; e o paulista Filipe Toledo, na grommets.

Mas o dia foi mesmo de Ricardo dos Santos. Na semifinal da mirim (até 16 anos), ele roubou a cena, garantindo a pontuação máxima, um fato muito difícil de acontecer, com dois tubos nota 10. Depois, na decisão, mostrou estar em sintonia com o mar e novamente achou um tubo. "Esta vitória coroou a minha excelente fase. Estou buscando o meu melhor surf e comecei o ano bem: três campeonatos e três vitórias", vibrou o surfista de 15 anos de idade.

A surpresa ficou por conta do paulista Matheus Toledo, filho de Ricardo Toledo, na semifinal. Mas se Matheus não chegou à final, o seu irmão Filipe levantou o sobrenome da família ao lugar mais alto do pódio da categoria grommets (até 12 anos). O bicampeão paulista petit virou o resultado nos minutos decisivos, com uma onda nota 7.

Urso radical

Já na iniciantes, o paranaense Peterson Crisanto mostrou um surfe radical e com duas ondas muito boas, 8,1 e 7,5, abriu grande vantagem sobre os três paulistas Jessé Mendes, Thiago Guimarães e Lucas Santos. "Comecei mal a final, por causa do vento sul, mas achei uma onda boa e fui só administrando os caras até o fim. Agora, a próxima etapa é no Paraná e quero vencer no meu Estado e ser campeão", adiantou o Urso.