Boa parte da torcida santista não se incomodaria com uma derrota para o Vasco, domingo, na Vila Belmiro, se isso ajudasse a impedir o Corinthians de chegar ao título brasileiro. O elenco do Santos, porém, não compactua com esse sentimento e a meta para o próximo jogo é conquistar mais uma vitória na preparação visando o Mundial de Clubes.

“Não vamos perder para ajudar ninguém. Seja qual for o jogo, a gente vai entrar em campo com o objetivo de vencer. Queremos terminar bem o Brasileirão, para chegar com confiança ao Mundial”, disse nesta quarta-feira o volante Arouca.

Independente do resultado do jogo de domingo na Vila Belmiro, o torcedor santista vai poder comemorar uma equipe mais pronta para o Mundial de dezembro, no Japão. Isso porque o departamento médico do Santos está cada vez mais vazio e o elenco, consequentemente, mais reforçado. Borges e Paulo Henrique Ganso já estão liberados após sofrerem com problemas musculares. Pará voltou a treinar nesta quarta-feira após quatro semanas em recuperação de uma cirurgia e Léo também já faz treinos físicos no gramado. Do elenco principal, só Elano segue aos cuidados dos médicos do clube.

“Foi um ano bem difícil no aspecto das lesões, porque tivemos muitos jogos e muitas viagens. Mas o importante é que chegando o Mundial, que é nosso principal objetivo, o departamento médico esteja vazio. No Japão, teremos apenas dois jogos, mas que vão exigir muito da equipe”, disse Arouca, um dos que mais sofreu com lesões durante a temporada, mas que vem emplacando mais uma sequência de boas atuações.