Santos – As três vitórias consecutivas, pedidas por Luxemburgo ao grupo de jogadores do Santos, despertaram novamente a sede de título da equipe. “Estamos voltando a jogar o mesmo futebol de 2002 e com esse espírito, estamos lutando para sermos campeões”, avisou o atacante Robinho. O primeiro objetivo do treinador foi conseguido e terça-feira o time começa os preparativos para o clássico de domingo contra o Corinthians, o maior rival dos santistas.

O Santos vem recuperando posições na tabela e está a cinco pontos da liderança. Segundo as metas estabelecidas pelo treinador, ficar entre os quatro primeiros colocados – o que garante uma vaga na Libertadores – é o próximo passo e, a partir daí, toda concentração será na busca do título.

Luxemburgo comentou que o brasileiro deste ano está diferente do disputado ano passado. “Os outros times descobriram o campeonato, se prepararam mais e, por isso, está embolado”.

Na opinião do treinador, as diferenças irão aparecer do meio para o fim da competição e seu time está no caminho certo, apresentando constante aumento de produção. “Ainda falta alguma coisa para a gente, mas o Santos está tendo a característica de time que tem de brigar pelo título e essa é a obrigação da equipe.”

Luxemburgo disse que vai manter Preto Casagrande como segundo volante, destacou o futebol de Elano, que substituiu Diego contra o Guarani. O que o treinador quer é que a torcida ajude mais o time e não fique só sugerindo jogadores para entrar. “A gente traz o jogo para cá para o torcedor ficar mais perto do time. O torcedor tem de incentivar.”