O Santos promete anunciar um pacotão de reforços nos próximos dias para repor as perdas de Keirrison, Zé Eduardo, Maikon Leite e Alan Patrick e para qualificar e completar o elenco, visando o Campeonato Brasileiro e o Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. As negociações foram aceleradas após a derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, no clássico de domingo.

O centroavante Alan Kardec e o lateral-direito Leandro Silva, emprestados por Benfica, de Portugal, e Atlético Sorocaba, já estavam acertados desde a semana passada. Silva, de 22 anos, chega ao clube a custo zero e com salário abaixo do praticado no mercado.

“Leandro vai assinar um contrato por experiência, com a garantia de um salário base e com bônus por produtividade. Se for aprovado até o fim do ano, o Santos compra os seus direitos econômicos”, explicou o gerente de futebol, Nei Pandolfo. O vazamento das duas contratações irritou os dirigentes santistas, que pretendiam divulgar todas as novidades de uma só vez.

Com a viagem de férias do presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro à Paris, o diretor de futebol, Pedro Luis Nunes Conceição, está à frente dos entendimentos com clubes, empresários e jogadores. A estratégia é conseguir jogadores de qualidade sem abrir os cofres.