Santos – O Santos não teve dó do endividado Bolívar, ontem à noite, na Vila Belmiro. Robinho e seus companheiros golearam a equipe boliviana por 6 a 0, assegurando o primeiro lugar no grupo 2 da Copa Libertadores e uma vaga para as oitavas-de-final. A outra equipe classificada da chave foi a equatoriana LDU, que empatou com o uruguaio Danubio por 1 a 1.

Apesar da goleada, o Bolívar mostrou dignidade. Não apelou para a violência e, dentro de suas limitações, tentou parar o atual campeão brasileiro. Mas as 12 horas de viagem desde La Paz, os salários atrasados e a ameaça de greve diminuíram o entusiasmo – a delegação boliviano chegou a Santos pouco antes da partida.

A Vila Belmiro teve o privilégio de assistir a mais uma atuação inspirada do Santos. Aos 2 minutos, Ricardinho tocou para Robinho, que viu Léo. O cruzamento encontrou Bóvio: 1 a 0.

Robinho voltou a ser o protagonista no segundo gol. Foi atrás de uma bola perdida, driblou o adversário e sofreu a falta que Paulo César cruzou para Ávalos: 2 a 0.

Além de ser melhor, o Santos teve sorte. Paulo César encobriu Caballero: 3 a 0. ?Fui cruzar?, admitiu o lateral.

O time santista voltou desatento do intervalo. Mas se o ataque não conseguiu marcar, Caballero ajudou. Aos 12 minutos, Deivid, deu um lindo passe para Ricardinho. O chute, de primeira, saiu fraco, mas o goleiro do Bolívar falhou feio: 4 a 0.

Coerente, Gallo colocou o time mais ainda no ataque, ao trocar o volante Bóvio pelo atacante Basílio. E deu certo. Foi dele o quinto gol. Deivid ainda fez o sexto, para a alegria dos 17 mil santistas que foram à Vila Belmiro.

Ficha Técnica

Gols: Bóvio, aos 2?, Ávalos, aos 13?, e Paulo César, aos 42? do 1.º tempo. Ricardinho, aos 12?, Basílio, aos 26?, e Deivid, aos 30? do 2.º. Santos: Henao; Paulo César (Flávio), Ávalos, Halisson e Léo; Fabinho, Zé Elias, Bóvio (Basílio) e Ricardinho; Robinho e Deivid. Técnico: Gallo. Bolívar: Caballero; Torrico, Sánchez (Peña) e Ferreira; Angulo, Reyes, Galindo, Zermatten e Pachi; Gutiérrez e Fischer (Cabrera). Técnico: Vladimir Soria. Árbitro: Jorge Larrionda (URU). Renda: R$ 220.236,00. Público: 17.906 pagantes. Local: Vila Belmiro (Santos).