O Londrina precisa de um milagre para não cair para a terceira divisão do futebol brasileiro. Após a derrota para o até então lanterna São Bento por 4×1, nesta quinta-feira (21), em Sorocaba, o Tubarão empacou nos 36 pontos e só permanece na Série B se o Figueirense não somar nenhum ponto nos dois jogos que ainda restam, o primeiro deles nesta sexta (22) contra o CRB. Caso o Figueira apenas empate em Maceió, não só o LEC, mas também São Bento, Criciúma e Vila Nova estarão rebaixados.

+ Confira a classificação completa da Série B!

A partida teve o nível técnico esperado – baixo, pela posição das equipes, pela necessidade do resultado e pelo nervosismo que tomava conta dos jogadores. Lances simples eram desperdiçados, César quase tomou um gol inacreditável ao não segurar uma bola chutada de antes do meio-campo, faltas duras desnecessárias se repetiam.

Com jogadores melhores, o Londrina tinha mais presença ofensiva. Só que atacava sem a menor organização, o que permitia ao São Bento ter contra-ataques daqueles escancarados, no mano a mano. Assim, o jogo era emocionante do seu jeito. E numa dessas falhas do Tubarão, Paulinho Boia rolou para Zé Roberto, que abriu o placar para os donos da casa.

+ Baixe e ouça o podcast De Letra especial sobre rádio!

Eram 30 minutos do primeiro tempo. E sete minutos depois veio o segundo gol – lançamento de Marcos Martins que passou por Dirceu e chegou em Caio Rangel. O atacante que passou esse ano no Paraná Clube marcou. Depois de sentir o baque, o LEC partiu para cima de novo. E aos 43 Paulinho Moccelin jogou na área e Anderson Leite diminuiu o placar.

A esperança ainda existia. Mas Léo Rigo foi expulso após dar uma cotovelada em Zé Roberto, ainda com nove minutos da etapa final. E logo depois veio o golpe de misericórdia. Caio Rangel saiu na cara do gol e marcou o terceiro do São Bento. Entregue, o Londrina ainda levou o quarto gol, com Zé Roberto. E agora só conta com o  imponderável.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 37ª Rodada

SÃO BENTO 4×1 LONDRINA

São Bento
Henal; Marcos Martins, Alisson, Eduardo e Mansur; Fábio Bahia (Doriva), Juliano e Rodolfo; Paulinho Boia (Minho), Caio Rangel (Matheus Guarujá) e Zé Roberto.
Técnico: Marcelo Cordeiro

Londrina
César; Raí Ramos, Dirceu, Léo Rigo e Felipe Vieira; Anderson Leite, Germano, Paulinho Moccelin (Matheusinho), Luidy (João Paulo) e Léo Passos; Júnior Pirambu (Uelber).
Técnico: SIlvinho

Local: Walter Ribeiro (Sorocaba-SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Michael Correia (RJ)
Gols: Zé Roberto 30, Caio Rangel 37 e Anderson Leite 43 do 1º; Caio Rangel 11 e Zé Roberto 32 do 2º
Cartões amarelos: Paulinho Boia, Rodolfo, Zé Roberto, Marcos Martins (SBE); Léo Rigo, Felipe Vieira, Germano (LEC)
Cartão vermelho: Léo Rigo
Renda: R$ 8.130,00
Público total: 1.230