Desde o último dia 25 de fevereiro, quando superou o Corinthians/UMC (97×78), ou seja, há exatos 14 dias, o São José dos Pinhais/Keltek não vence uma partida pelo campeonato nacional de basquete masculino. Tudo bem que nesse período a equipe do técnico Hugo Cabrera disputou apenas dois jogos. No primeiro, em casa, dia 27, foi surpreendido pelo Paulistano/Dix Amico (91×89) e no domingo passado, o time foi superado pelo Telemar (75×54), jogando no Rio de Janeiro.

Hoje à noite, no Ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais, com ingressos custando o simbólico preço de R$ 2,00, o técnico dominicano promete um time aguerrido e sintonizado para recuperar o caminho das vitórias. E para isso, terá pela frente o seu mais ?antigo? adversário. O ?clássico? paranaense, vai colocar frente a frente campeão e vice do Paraná no ano passado. Keltek e Londrina/Tim entram em quadra às 20h.

Sem problemas de contusão, Hugo Cabrera deverá colocar em campo o time que até agora vem enfrentando altos e baixos na competição.

?O objetivo é atuar de forma compacta, com o time marcando pressão a quadra toda?, definiu Cabrera, para quem o time deverá ter mais pegada que na última partida, no Rio, quando teve oportunidade de vencer, mas desperdiçou chances e foi dominado pelo Telemar.

Além de São José/Keltek e Londrina, outros três jogos serão disputados hoje pelo nacional de basquete, todos com início às 20h: Ulbra/Torres (RS) x Corinthians/UMC (SP), em Torres; Uniara/Araraquara (SP) x Paulistano/Dix Amico (SP), em Araraquara; Pitágoras/Minas Tênis (MG) x Joinville/FME (SC), em Belo Horizonte. A sétima semana termina amanhã, com Uniara/Araraquara (SP) x Telemar, em Araraquara (18h).