O casamento entre Hernanes e o São Paulo está cada vez mais próximo de chegar ao fim. A incerteza é apenas qual será o destino do versátil volante, que é cobiçado por diversos clubes europeus. O diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, confirmou a informação de que o presidente da Lazio, Claudio Lotito, conversou com ele para tentar contratar o jogador por 9 milhões de euros (R$ 20,14 milhões).

Não vai ser fácil, no entanto, a Lazio conseguir a contratação do volante. Lopes revelou ter um acordo com uma outra equipe europeia que já havia demonstrado anteriormente o interesse em Hernanes. “O dirigente desse clube afirmou que vai nos procurar após a Copa do Mundo”, afirmou o cartola são-paulino.

Embora ele não revele, esse clube é o Villarreal, da Espanha, que pretende levar não só Hernanes, mas também o zagueiro Miranda. A dupla são-paulina iria para substituir o zagueiro uruguaio Diego Godín e o meia espanhol Santiago Cazorla, que estão de saída do clube. “O mercado vai começar a se movimentar agora, após o Mundial. E o fato de a Espanha estar na final da Copa é algo positivo, pois lá é um forte mercado, mas que tem estado em baixa por causa da crise financeira. Talvez esse resultado em campo ajude a alavancar os valores das negociações”, disse Lopes.

O relacionamento entre São Paulo e Lazio é muito bom. O clube italiano levou em fevereiro o zagueiro André Dias, que foi quem indicou Hernanes. “Mas nos comprometemos a esperar esse outro clube, então vamos manter a ética”, explicou o diretor são-paulino. Embora não admita publicamente, o São Paulo aceita vender Hernanes por 13 milhões de euros (R$ 28,9 milhões).