Apesar da derrota para o Avaí, o São Paulo tem motivos para comemorar nesta quarta-feira. Além de festejar o quinto aniversário do tri da Libertadores, os dirigentes vibraram com um comunicado da CBF que avisava que a entidade não vai antecipar a data de inscrição de jogadores vindos do exterior.

“Eu recebi um comunicado formal da CBF informando que o período da janela de transferência foi mantido, ou seja, será de 3 a 31 de agosto”, explicou o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

A alegria do São Paulo tem motivos: se fosse antecipada, o Inter poderia inscrever na Libertadores o goleiro Renan, o volante Tinga e o atacante Rafael Sóbis, contratados recentemente.

“Qualquer modificação tinha de ser comunicada à Fifa com 12 meses de antecedência. Acho que o Inter tinha direito de procurar o melhor para si mesmo, é legítimo, mas não deu”, declarou o dirigente do São Paulo.