O São Paulo viajou na manhã desta terça-feira para a Colômbia, onde enfrentará o América de Cali, na quinta, pela Libertadores. O clube tricampeão do torneio busca um resultado inédito na competição – jamais, em três confrontos no país vizinho, o time do Morumbi venceu.

Nas três partidas em solo colombiano pelo torneio continental, a equipe perdeu uma vez e empatou outras duas. O primeiro empate foi 8 de setembro de 1974, quando o São Paulo ficou no 0 a 0 com o Millonarios. A equipe só voltou à Colômbia na Copa trinta anos depois, em 16 de junho de 2004, quando perdeu para o Once Caldas por 2 a 1 nas semifinais do torneio.

No ano passado, o time esteve em Medellín para enfrentar o Atlético Nacional, na primeira rodada da competição, no dia 27 de fevereiro. A partida terminou no empate por 1 a 1, com o gol são-paulino marcado por Miranda.

O técnico Muricy Ramalho levou 20 jogadores para a Colômbia. O maior reforço com relação à equipe que empatou por 1 a 1 com o Independiente Medellín é o goleiro Rogério Ceni, que fará sua estreia na edição de 2009 do torneio.

Além do capitão, o elenco são-paulino tem o goleiro Bosco, os zagueiros André Dias, Rodrigo, Miranda e Renato Silva, os laterais Wagner Diniz, Júnior César e Joílson. Para o meio-campo, o treinador terá à disposição Jorge Wagner, Hernanes, Arouca, Jean, Hugo, Richarlyson e Zé Luis. No ataque, as opções são Washington, Dagoberto, André Lima e Borges.