O Atlético perdeu por 1 a 0 para o São Paulo na noite deste sábado (3), no Morumbi. Estacionado na tabela, com 38 pontos, o time atleticano sucumbiu ao futebol do Tricolor durante todo jogo. Os paulistas conseguiram o gol da vitória apenas no segundo tempo, com o atacante Rogério.

Foi a quinta derrota consecutiva e primeira com o treinador Sérgio Vieira a frente da equipe. Resultado que amplia a crise Rubro-Negro, que pode terminar a rodada com apenas quatro pontos de distância para a zona do rebaixamento.

O revés confirma a angústia atleticana no segundo turno do Brasileirão. A última vitória na competição foi há mais de um mês, somando oito jogos sem vencer – vem de revés para Vasco, Grêmio, Coritiba, Ponte Preta e São Paulo.Antes da bola rolar, o técnico interino Sérgio Vieira prometia um Atlético “muito bem organizado para conseguir a vitória”. Em partes, conseguiu a tal organização, mas o time sofreu mais uma vez com as falhas de marcação e a pouca inspiração ofensiva – nem mesmo as entradas de Walter e Nikão no segundo tempo, ausentes do time há duas semanas, tratou de dar mais poder de ataque ao time.

“Não conseguimos [um melhor resultado] por falta de entrosamento coletivo”, justificou o interino Sérgio Vieira, que ainda não mostrou predicados para ser efetivado na função.

Desde o começo do jogo, o furacão jogou mal e foi dominado pelos paulistas. Com Cryzan e Hernandéz na frente, a equipe manteve uma postura defensiva, esperando o clube paulista para poder sair em contra-ataques.

Pelo lado direito, o São Paulo armou praticamente todas as jogadas. Nas costas de Sidcley, Centurión jogou livre no primeiro tempo inteiro. Por ali, acabou saindo o gol do São Paulo, aos 27 minutos da etapa final. Bruno cruzou a bola e Ganso furou. Rogério aproveitou e chutou fora sem chance para defesa de Weverton.