O Schalke esteve perto de assumir a liderança do Campeonato Alemão neste domingo. Chegou a estar vencendo o Hamburgo por 2 a 1, fora de casa, mas cedeu o empate nos minutos finais da partida e se manteve na segunda colocação da tabela.

O time soma agora 55 pontos, apenas um a menos que o líder Bayern de Munique. O primeiro colocado comemorou os resultados deste fim de semana, depois do tropeço de sábado. Perdeu do Eintracht Frankfurt por 2 a 1 e viu os rivais Bayer Leverkusen e Schalke, candidatos a assumir a liderança, vacilarem no decorrer da rodada. O Hamburgo, do brasileiro Zé Roberto, ocupa a sexta colocação, com 44.

Em busca de uma recuperação na tabela, visando a zona de classificação para a Liga Europa, o Hamburgo começou melhor e quase saiu na frente com o holandês Van Nistelrooy, aos 14 minutos. O Schalke equilibrou as ações em bom lance do brasileiro naturalizado alemão Kevin Kuranyi, que quase marcou.

Mas foram os donos da casa que inauguraram o marcador. Em cobrança de falta, Van Nistelrooy mandou de voleio para as redes, após cobrança de falta de Piotr Trochowski.

A reação dos visitantes veio no segundo tempo. Depois do equilíbrio no início da etapa, o Schalke virou o jogo em menos de seis minutos. Kuranyi completou cruzamento e empatou, aos 17. Na sequência, Baumjohann sofreu falta de Van Nistelrooy dentro da área. Na cobrança do pênalti, Rakitic decretou a virada.

No entanto, o Hamburgo não se abateu e buscou o empate. Aos 32 minutos, Trochowski cruzou rasteiro para a área. Com tranquilidade, Jonathan Pitroipa apenas completou para as redes e fechou o placar.