Os iatistas Robert Scheidt e Bruno Prada venceram nesta terça-feira (21) na Pré-Olímpica de Qingdao, na China, e podem conquistar o título inédito na madrugada de amanhã. Além de ganhar, eles chegaram em quarto lugar na outra regata do dia, acumulando 15 pontos perdidos, já com um descarte.

Com a mesma pontuação estão os suíços Flavio Marazzi e Christoph Christen e os neozelandeses Hamish Pepper e Carl Williams. Na liderança estão os franceses Xavier Rohart e Pascal Rambeau, com 13 pontos perdidos.

Scheidt está entusiasmado. "A disputa da Regata da Medalha vai ser interessante. Das quatro primeiras duplas, quem chegar na frente ganha o campeonato. Além disso, a dupla sueca está 17 pontos atrás dos líderes, em sexto, mas pode surpreender."

Inicialmente, a Pré-Olímpica de Qingdao tinha dez regatas previstas na fase de classificação. Entretanto, como os ventos quase não apareceram e a programação atrasou, os organizadores anteciparam a Regata da Medalha. Nas seis regatas disputadas desde quarta passada, Bruno e Robert conseguiram uma vitória, um segundo, um terceiro, um quarto e um quinto lugares. A dupla descartou o 13º lugar de sábado.