O velejador Robert Scheidt não teve um bom dia nesta sexta-feira no Campeonato Centro Sul-Americano de Laser, disputado na raia da praia de Jurerê, em Florianópolis. Com ventos fracos, o bicampeão olímpico não conseguiu se encontrar e terminou as três regatas apenas na quinta, sétima e nona colocações.

Ao término da disputa, Scheidt admitiu que foi mal em todas as largadas. Assim, precisou fazer regatas de recuperação nas três provas, o que o impossibilitou de brigar pelas primeiras posições.

“Não consegui aproveitar bem o vento. Foi um dia difícil, não larguei bem em nenhuma das três regatas e tive de fazer provas de recuperação. E também não gosto de velejar com ventos fracos. Neste sábado, vou tentar fazer duas regatas boas para fechar bem o campeonato”, afirmou.

Scheidt trocou a classe Laser pela Star há cinco anos, depois de ser campeão no Mundial de Fortaleza, mas está aproveitando uma folga para disputar o sul-americano em sua antiga categoria.

As últimas duas regatas, das dez previstas na competição, serão disputadas neste sábado. A largada será às 13 horas.