Lancepress! – O alemão Michael Schumacher venceu ontem o GP da Inglaterra de F-1, disputado no autódromo de SIlverstone. A corrida, recheada de emoções, teve trechos com chuva e pista seca, o que proporcionou um verdadeiro rodízio de posições na zona de pontuação. Em segundo chegou o brasileiro Rubens Barrichello, seguido pelo colombiano Juan Pablo Montoya. Foi a 60.ª vitória da carreira de Schumacher.

O canadense Jacques Villeneuve, da BAR, chegou em quarto, seguido de seu companheiro de equipe, Olivier Panis. O alemão Nick Heidfeld, da Sauber, fechou os grupo de pilotos que pontuam, chegando em sexto.

Michael considerou especial sua vitória na Inglaterra. Foi lá, em 1999, que ele sofreu o mais sério acidente de sua carreira. Além disso, a vitoria de ontem representa o 60.º triunfo do alemão, recorde absoluto da categoria.

“Só havia vencido uma vez aqui, por isso a vitória foi especial. Além disso, é a 60.ª da minha carreira e ainda ampliei a vantagem no campeonato, enfim, tudo deu certo”, declarou o tetracampeão.

Vice-líder

O brasileiro Rubens Barrichello, da Ferarri, assumiu a vice-liderança do Mundial de Pilotos com o segundo lugar conquistado ontem em Silvertone, em Silverstone. Agora, Rubinho tem 32 pontos contra 31 do colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams, que foi o terceiro. Já o alemão Ralf Schumacher despencou da segunda para a quarta posição, com os mesmos 30 pontos que tinha antes da corrida. O alemão Michael Schumacher, líder, está longe: 86 pontos…

Barrichello comemorou bastante o resultado, que o colocou na vice-liderança. “Foi uma corrida emocionante. Tivemos aquele problema na volta de apresentação, a minha primeira marcha não entrava e larguei em último, mas fui com calma e pouco a pouco recuperei as posições. Fiz uma corrida excelente”, considerou o piloto.

Rubinho ainda lembrou das dificuldades de todos os pilotos na hora em que começou a chover. “Na chuva, o segredo é ser cuidadoso, e foi isso que fiz nos momentos críticos. Ainda bem que deu tudo certo”, completou.

Montoya “satisfeito” por terminar a prova

Lancepress!

– O colombiano Juan Pablo Montoya tem mesmo motivos para comemorar o terceiro lugar no GP da Inglaterra. Pela primeira vez na carreira o piloto da Williams conseguiu marcar pontos em uma corrida na qual largou na pole position. Só neste ano foram cinco poles, e nas quatro anteriores Montoya abandonou. Na temporada passada, quando fez sua estréia na F-1, a coincidência se repetiu.

Na entrevista coletiva concedida pelos três primeiros colocados do GP da Inglaterra, o colombiano Juan Pablo Montoya se disse satisfeito com o terceiro lugar e comentou a superioridade dos carros da Ferrari no piso molhado.

“Simplesmente era impossível segurá-los com pista molhada. Limitei-me a conduzir meu carro sem riscos até o final. Acho que, apesar dos pneus Michelin estarem a cada dia melhores, ainda temos muita coisa a fazer. Mas, fora isso, foi uma corrida emocionante, me diverti bastante”, declarou o colombiano, que pela primeira vez conseguiu marcar pontos numa corrida em que saiu na pole.