O piloto alemão Michael Schumacher venceu o Grande Prêmio do Canadá, disputado ontem em Montreal, e ampliou ainda mais sua liderança no Campeonato Mundial de Fórmula 1. Michael chegou à sua 59ª vitória – a 150ª na história da Ferrari – e atingiu os 70 pontos. O escocês David Coulthard, da McLaren, chegou em segundo e subiu para 26 pontos. Rubens Barrichello foi o terceiro, marcando 16 pontos na classificação geral do campeonato. Kimi Raikkonen, Giancarlo Fisichella e Jarno Trulli chegaram respectivamente, em 4º, 5º e 6º, encerrando a zona de pontos do GP canadense. Felipe Massa (Sauber) chegou em nono lugar e Enrique Bernoldi, com problemas no carro, não conseguiu terminar a corrida.

Rubinho começou a partida muito bem a corrida. Largou em terceiro e logo na primeira curva ganhou uma posição passando Michael Schumacher. Na segunda volta, ele passou o líder Juan Pablo Montoya e assumiu a liderança. Ficou na frente até a 26ª volta, quando parou para reabastecimento e troca de pneus.

Voltou na quinta posição e fez, de novo uma corrida de recuperação. Quando estava em segundo, fez nova parada nos boxes acabando a corrida em terceiro. Michael Schumacher fez apenas uma parada e quando assumiu a ponta, no meio da corrida, não perdeu mais.