Destaca-se como corrida mais importante de domingo, na Gávea, o Grande Prêmio Diana, que figura como segunda prova da Tríplice Coroa de Éguas, na distância de 2.000 metros, em pista de grama. Que Fuerza, vencedora do Grande Prêmio Henrique, continua com chance de conquistar o ambicionado titulo, pois venceu com muita autoridade, ganhando por mais de quatro corpos de Quaraglia, com Qui Luci perto na terceira colocação.

Uma prova, sem dúvida , que deverá atrair grande público ao Hipódromo da Gávea, enquanto os turfistas de outros centros assistirão à importante corrida pela televisão.

Apresentamos, a seguir, as dezoito potrancas inscritas, com suas posições na partida: Hot Fun (1), Faz de Conta (2), La Lucrezia Borgia (3), Indianette (4), Quadriglia (5), Secretária Geral (6), Immortelle (7), Quanta Classe (8), Que Fuerza (9), French Lady (10), La Itabanera (11), Lira da Guanabara (12), Re Thong (13), Apólice Global (14), Qui Luce (15), Chatte (16), For Love (l7) e Sherikan (18).

Potros

Outra boa atração de domingo, na Gávea, é o Clássico José Calmon (L), na distância de 1.200 metros, areia, com a participação de seis potros de dois anos de idade hípica: Do Canadá (1-55), Senhor Lolo (2-55), Empate Técnico (3-55), Senhor Extra (4-55), Senhor Compadre (5-55) e Senhor Valentin (5-55).

Sábado

O destaque de sábado, no Rio de Janeiro, é o Grande Prêmio Euvaldo Lodi (Grupo 3), que se apresenta com dezoito éguas de 3 e mais anos, na distância de 1.600 metros, e pista de grama: Quierasqueno (1-57), Quartz Sand (2-57), Quiet Dreamer (3-57), Rosa do Brejo (4-57), La Troiana (5-60), Forever Blue (6-60), Rua da Carioca (7-57), Quinta Rédea (8-6), Que Fama (10-57), Innocent Lady (11-57), Estrela Bela (16-60), Capricciosa (17-60), Quéops Pyramid (18-57) Quadriglia Girl (19-60).

Nova diretoria do Jockey Club

A nova diretoria do Jockey Club, que será empossada na próxima quinta-feira, apresenta-se com muitos jovens turfistas que pela primeira vez trabalharão como dirigentes da entidade turfística mais antiga Brasil. São, porém, turfistas que se dispõem a  exercer o cargo de diretor nesta difícil fase que atravessa o turfe paranaense. Confiamos desta forma numa boa gestão, mas não se pode esperar milagres.

É importante que recebam o apoio de proprietários, treinadores, jóqueis, cronistas e especialmente daqueles que freqüentam o Tarumã em dias de corridas.

Fogonaroupa atuará em SP

O cavalo Fogonaroupa, de José Cid Campelo Filho, vencedor do GP Paraná, sob os cuidados de Luiz Roberto Feltran e dirigido por Altair Domingos, reaparecerá sábado no tradicional Grande Prêmio Piratininga, em 2.200 metros, em pista de areia. Vai enfrentar Alcatraz American, Glutten, Hap Boy, Mate Leão, Nigelo, Perfet Day e Que Fuego, este do Haras Primavera, que vem de boa vitória no Tarumã, também sob os cuidados de Luiz Roberto Feltran.

Jangadeiro no clássico

Jangadeiro, vindo de bom segundo para Ellysio, atuará no Clássico Câmara Municipal de São Paulo, na tarde de sábado, 1.400 metros, areia.

Vai enfrentar, com chance de vitória, Ananias, Bob Teen, Istambul, Selo de Ouro, Southampton, Zicopan e Zorrero. O defensor do Stud Bube será apresentado por Luiz Roberto Feltran.

Aprendizes e joquetas Na tarde de sábado, em Cidade Jardim, será realizada uma prova, em 1.500 metros, reservada para aprendizes e joquetas. Estão inscritos: Al Adar, Cash Register, Corpus Sanus, Landmann, Máster Sight, Von Tirpitz, Divon e Gitan.