A seleção brasileira de bolão-16 conseguiu seu melhor resultado internacional com a conquista da medalha de bronze 3.º lugar no recente campeonato mundial celebrado em Luxemburgo.

O selecionado nacional foi formado com 16 pessoas, sendo 14 atletas e dois dirigentes. Destes, cinco atletas e dois dirigentes são paranaenses: Eduardo Krause (Dado), do FKC, de São José dos Pinhais; Osmar Antakli, também do FKC; Rita Klein e Taiana Ramos, as duas do Clube Olímpico de Maringá; e Gabriela Garcez, da Sociedade Thalia, de Curitiba; mais Josinei Smecek, auxiliar técnico e Silvio Krause, técnico e chefe da delegação, atual presidente do FKC, de São José dos Pinhais.

O terceiro lugar geral valeu a medalha de bronze para a equipe brasileira, melhor colocação dessa modalidade em todos os tempos.

O brasil, 7 medalhas, sendo 1 de prata e 6 de bronze.

Além do Brasil e Luxemburgo, também participaram as seleções da França, Holanda, Bélgica, Portugal, Itália, Áustria e Argentina.

A próxima realização dessa modalidade será o Mundial da Juventude que será disputado na cidade de Langenfeld, na Alemanha. O Brasil já está inscrito para esse campeonato, cuja seleção será convocada proximamente.

Divulgação
Time feminino e masculino comemora o 3.º lugar no Mundial.