A seleção do Egito teve uma surpresa desagradável após a vitória sobre a Itália, na quinta-feira, pela Copa das Confederações. Enquanto os egípcios venciam a partida por 1 a 0, o hotel onde a delegação estava, em Johannesburgo, foi roubado.

A polícia local recebeu a denúncia nesta sexta-feira. Segundo as primeiras informações, cinco quartos foram saqueados, mas em apenas um deles havia dinheiro. Ainda não há dados oficiais sobre o valor do prejuízo.

Desde que escolheu a África do Sul da Copa do Mundo de 2010, a Fifa tem sido alvo de críticas, sobretudo de países europeus, que alegam falta de segurança no país. O incidente com os egípcios foi o primeiro deste tipo registrado na Copa das Confederações.