A seleção brasileira masculina de vôlei ficou a uma vitória do título do Campeonato Sul-Americano nesta quinta-feira ao vencer a Venezuela por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/18, 23/25 e 25/22, em jogo disputado em Bogotá. A equipe de Bernardinho buscará o troféu na sexta-feira diante da Argentina.

Como previu o próprio treinador, a seleção teve nesta quinta o seu jogo mais difícil da competição. O Brasil abriu vantagem no placar ao vencer as duas primeiras parciais, mas por conta de algumas falhas perdeu o primeiro set no torneio, por 25 a 23.

Os venezuelanos aproveitaram o bom momento na partida e saíram na frente no quarto set. A seleção brasileira cometia muitos erros no saque e facilitava o jogo do rival, que só deixou a dianteira no marcador no final da parcial, com a vitória dos brasileiros.

“Aqui ninguém está conseguindo sacar direito. Dessa maneira, todos os times estão jogando com o passe na mão. Isso faz com que mude a tática de todo mundo. É meio que um voleibol dos anos 80, ou até de antes”, comentou Giba ao final da partida.

Para o jogador, a equipe precisa manter a concentração para não ser surpreendido na sexta-feira. “A principal coisa a ser dita é que não podemos dar sopa para o azar. Temos que estar sempre 100% ligados senão a vaca vai para o brejo”, completou Giba.

O vencedor do jogo desta sexta não ficará apenas com o título da competição. Também conquistará uma vaga na Copa dos Campeões, que será disputada em novembro, no Japão.