Camila Comin será a primeira
a conduzir a tocha olímpica, etapa
Curitiba dos Jogos Sul-Americanos.

Será realizada entre amanhã e domingo a seletiva de ginástica rítmica, para os Jogos Sul-Americanos, que acontecerão em agosto, em Curitiba. As competições serão realizadas na Universidade do Esporte, devido à infra-estrutura do local. A seletiva contará também com a apresentação do conjunto brasileiro de ginástica rítmica, no último dia de competição.

Participarão da seletiva 23 atletas: Tayanne Mantovanelli (Álvares Cabral); Marcela Oliveira Menezes (Instituto Social da Bahia); Juliana Teixeira Rodrigues (Grêmio Náutico União); Letícia Mesquita e Fernanda Cavalieri (Espéria); Iracema Santos Alves, Priscilla Alves Rocha e Larissa Maia Barata (Arqui Clube); Mônica Rizzo e Thamysa S. Rodrigues (Aginoc); Anelise Atkinson da Cunha, Lígia Claudino Duclós, Luísa Harumi Matsuo e Renée Valentine Gonzaga Curial (Adiee); Emmanoela Magalhães Albuquerque (Sportivo Sergipe Salesiano); Andressa Corso da Silva e Beatriz Cristine Montes Dainese (Colégio Ábaco); Adriana G. Hagemann, Roberta de Nez Eick, Maria Carolina Vieira e Taeli S. Tremarim (Sociedade Ginástica Joinville); Marina Borges M. Souza e Bárbara E. Alves dos Reis (Gorba).

Após a seletiva, as atletas selecionadas para representar o Brasil nos jogos voltarão a Curitiba no dia 29 de julho, onde ficarão em treinamento, na Universidade do Esporte, até o dia dos Jogos Sul-Americanos.

No dia 23, a atleta Camila Comin irá buscar a tocha dos Jogos Sul-Americanos em São Paulo e a trará para Curitiba, onde vários atletas correrão em revezamento, até o velódromo de Curitiba. Entre os atletas estão Caroline Molinare, da ginástica olímpica, e a atleta Daiane Camilo, da ginástica rítmica. Cada uma correrá oitocentos metros com a tocha.