Sem poder contar com o atacante Maxi Biancucchi, artilheiro do Vitória no Campeonato Brasileiro com oito gols, vetado por causa de dores musculares, o técnico Ney Franco deve fortalecer a defesa para tentar parar o ataque do Internacional na partida desta quinta-feira, às 19h30, no estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS), pela 20.ª rodada.

No último treino antes do jogo, o treinador montou a equipe com três volantes no meio de campo, deixando apenas para o meia Renato Cajá a função de abastecer o ataque, formado por Marquinhos, que ocupa a vaga de Biancucchi, e Dinei.

O time, que não vence há cinco jogos – quatro derrotas e um empate -, precisa somar pontos para manter a zona de rebaixamento afastada. A equipe começou a rodada na 12.ª posição, com 23 pontos, apenas quatro a mais que a Portuguesa, a 17.ª colocada. “A equipe perdeu rendimento nas últimas rodadas, o que abalou a confiança do grupo”, avaliou Dinei. “Temos de voltar para o segundo turno com a motivação do início do campeonato. Aí as coisas vão dar certo”.