Santos – O Santos não tomou conhecimento do Sergipe e jogou fácil nesta quarta-feira para espantar a zebra e vencer o time de Aracaju por 3 a 0 na Vila Belmiro pela Copa do Brasil. Agora, a equipe de Vanderlei Luxemburgo encara o URT, de Minas, na próxima fase da competição.

Sem muitas dificuldades para impor seu ritmo de jogo, o time da Vila começou logo mostrando suas armas e abriu o placar aos 9 minutos, com bonito gol de voleio de Cléber Santana em cruzamento de Fabinho.

Apesar da ameaça feita pelo Sergipe, que pediu a anulação do jogo de ida no STJD porque o Santos escalou o zagueiro Domingos, suspenso pelo Grêmio na Copa do Brasil do ano passado, o Santos não se intimidou e manteve a pressão após a vantagem. Por sua vez, a equipe nordestina se perdeu, não lembrando nem um pouco o time aplicado que empatou por 0 a 0 na primeira partida.

Criando muitas oportunidades, o Santos foi colecionando gols perdidos. Magnum, que entrou bem no lugar de Reinaldo, Geilson, que passou pelo goleiro mas não fez o gol, e Tabata poderiam ter definido o jogo ainda no primeiro tempo para o time da casa. Finalmente, aos 45, Magnum faz o segundo em passe de Tabata.

Na etapa final, a história foi a mesma. O Santos passeou em campo e aos 14 Léo Lima sofreu pênalti e converteu, fechando o placar. No mais, inúmeras chances desperdiçadas e alguma confiança conquistada para encarar o Rio Branco no sábado, na mesma Vila, pelo Paulista.

Ficha técnica

Santos 3 x 0 Sergipe

Gols – Cléber Santana aos 9 minutos e Magnum aos 45 do primeiro tempo; Léo Lima aos 14 do segundo tempo.

Santos – Fábio Costa; Fabinho, Manzur, Luiz Alberto e Kléber; Léo Lima, Maldonado (Ronaldo), Rodrigo Tabata (Galvão) e Cléber Santana (Wendel); Magnum e Geilson. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Sergipe – Genilson; Cesco, Toninho e Daniel (Felipe); Flávio, Chicão, Márcio, Harley e Mica; Alex Paulista e Fabinho (Rafael). Técnico: Vinícius Saldanha.

Juiz – Luiz Carlos da Silva (MG).

Cartão amarelo – Chicão, Cléber Santana, Márcio, Genilson.

Renda – R$ 34.455,00.

Público – 6.564 pagantes.

Local – Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).