Está marcada para hoje a assinatura da parceria entre Londrina e SM Sports, do empresário Sergio Malucelli. Personalidades como Pelé e Vanderlei Luxemburgo foram convidadas para o evento que ocorre no moderno centro de treinamento localizado na zona sul da cidade interiorana.

O contrato de dez anos com a empresa de Malucelli é esperança de nova vida ao Tubarão. Em 2010, o time viveu a pior crise de sua história ao permanecer na 2ª divisão do Campeonato Paranaense.

Apesar de antigas conquistas, como os três estaduais (1962, 81 e 92) e da Taça de Prata (1980), há pelo menos 15 anos o clube procurava um parceiro para salvá-lo dos constantes altos e baixos.

Além do suporte do empresário uruguaio Juan Figer, o Londrina terá o ídolo Elber como presidente. O ex-atacante, revelado nas categorias de base do Tubarão, deve assumir oficialmente ainda em 2010. Sua posse dará fim ao processo de intervenção da justiça do trabalho no clube, que começou com o afastamento do ex-presidente Peter Silva.

Especula-se que o LEC tenha direito a 5% sobre a venda de cada jogador e 20% do que for arrecadado com rendas dos jogos, marketing e material esportivo. O empresário Sergio Malucelli não foi localizado para confirmar a informação, mas os dados oficiais serão confirmados no evento de hoje.