O Sesi voltou a vencer na Superliga masculina de vôlei nesta quarta-feira. Depois de quatro derrotas seguidas, a equipe do técnico Giovane Gávio superou o Fátima/Medquímica/UCS (RS) por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/20 e 25/16, em apenas 1h14min, na capital paulista.

Com o resultado, o Sesi trocou de posição na tabela com a equipe de Caxias do Sul. Os paulistas subiram da sexta para a quinta colocação, com 26 pontos, enquanto os gaúchos, com 25, caíram uma posição e perderam uma invencibilidade de quatro partidas.

Após quatro tropeços seguidos, Giovane Gávio comemorou a reabilitação de sua equipe na competição. “Fomos bem no saque e no ataque hoje. O Léozão mostrou muita consistência, assim como todo o time. Por isso fizemos um bom jogo”, comentou o treinador, que quer aproveitar o resultado positivo para embalar no torneio.

“Tivemos alguns resultados ruins nas últimas rodadas, mas isso passou. As adversidades acabaram gerando uma reflexão de todos e, daqui em diante, os bons momentos voltarão”, prometeu.

Para chegar a vitória desta quarta, o Sesi contou com boa atuação do oposto Léozão, responsável por 14 pontos. Os donos da casa venceram com certa tranquilidade graças ao bom desempenho do saque, com cinco pontos, e também por causa dos seguidos erros dos visitantes. A equipe de Caxias errou 31 bolas, enquanto o Sesi cedeu somente 16 pontos ao rival.

Os gaúchos voltam à quadra já nesta sexta-feira, em São Paulo, para enfrentar o Pinheiros/SKY, às 21 horas. Já o Sesi folgará na próxima rodada, a última do primeiro turno da Superliga.