O Shakhtar Donetsk desbancou o Chelsea e contratou nesta sexta-feira o atacante Taison, que defendia o Metalist Kharkiv, também da Ucrânia. O brasileiro, cotado para substituir Fernando Torres no clube inglês, assinou vínculo de cinco anos com seu novo time.

Ao fazer o anúncio oficial, o Shakhtar revelou ter pagado US$ 20 milhões (cerca de R$ 40 milhões), valor da multa rescisória do contrato de Taison, ao Metalista. Inicialmente, o clube teria feito proposta de US$ 15 milhões, mas o rival não aceitou.

“A negociação foi complicada. E não chegamos a um compromisso. No entanto, tiramos vantagem da cláusula do contrato de Taison, que o libera por US$ 20 milhões”, revelou o clube, em nota oficial. Ao pagar a multa, o Shakhtar superou o Chelsea e garantiu o acerto com o ex-jogador do Internacional.

“Estou feliz em poder jogar em um grande clube como este. Já joguei contra o Shakhtar algumas vezes. Tenho bastante informação sobre o time. E conheço os brasileiros que jogam ali”, declarou Taison, que atuará ao lado de Fernandinho, Willian, Douglas Costa, Alan Patrick, Alex Teixeira, Ilsinho, Bruno, Luis Adriano e Dentinho em seu novo clube.

Antes de rumar para a Ucrânia, Taison fez parte do elenco vitorioso do Internacional, que levou o Mundial de Clubes da Fifa, em 2006, e a Recopa Sul-Americana do ano seguinte.