Melbourne – Duas das principais favoritas ao título do Aberto da Austrália, a russa Maria Sharapova, atual número 2 do mundo, e a belga Kim Clijsters, número 5, se classificaram com facilidade para a terceira rodada do primeiro Grand Slam do ano – até os placares foram semelhantes: Sharapova bateu sua compatriota Anastassia Rodionova por 6/0 e 6/3, enquanto Clijsters marcou 6/3 e 6/0 na japonês Akiko Morigami.

Semifinalista na última edição, Sharapova busca o título na Austrália para assumir o primeiro lugar no ranking da WTA, já que a atual número um, a belga Justine Henin-Hardenne, decidiu não participar por causa de problemas familiares – Henin foi vice no ano passado ao ser derrotada pela francesa Amelie Mauresmo.

Como Rodionova sentiu dores na coxa, Sharapova impôs um forte ritmo para não dar qualquer chance à adversária. Aproveitando que o calor não estava tão forte como no primeiro dia, quando os termômetros ultrapassaram os 40ºC, a russa venceu em apenas 58 minutos. ?Meu cérebro já estava melhor. Minhas condições físicas estavam boas e eu não tive problemas. Espero continuar assim até o final?, explicou Sharapova, de apenas 19 anos, que na próxima fase vai enfrentar a italiana Tathiana Garbin, que derrotou a tcheca Renata Voracova por 6/1 e 7/5.

Já Clijsters terá pela frente a ucraniana Alona Bondarenko, que venceu a francesa Virginie Razzano por 6/3 e 6/4. A suíça Martina Hingis, ex-número 1 do mundo, passou fácil pela russa Alla Kudryavtseva por duplo 6/2. Na próxima fase, ela terá pela frente a japonesa Aiko Nakamura, que eliminou a indiana Sania Mirza por 6/3 e 6/2.

Masculino

O espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo, sofreu para se classificar ontem para a terceira rodada do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, ao derrotar o alemão Philipp Kohlschreiber por 3 a 1, parciais de 7/5, 6/3, 4/6 e 6/2.

Nadal teve de fazer muito esforço, pois a partida deve 3h30min de duração e só acabou no início da madrugada, no horário australiano. ?Ele foi um jogador muito agressivo, e este jogo foi um importante teste para mim?, disse o espanhol.

Bicampeão de Roland Garros, a melhor participação do espanhol na Austrália aconteceu em 2005, quando ele chegou às oitavas-de-final. Agora, Nadal terá pela frente o suíço Stanislas Wawrinka, número 40 do mundo, que bateu o chileno Paul Capdeville por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2.

Outro favorito a avançar é o russo Nikolay Davydenko, cabeça-de-chave número três. Ele bateu Gilles Muller, com direito a ?pneu? no segundo set – parciais de 6/4, 6/0 e 6/3. Seu próximo adversário será o francês Fabrice Santoro.