O técnico Silas aprovou o desempenho do Grêmio na vitória por 3 a 1 sobre o Nacional, do Uruguai, em Rivera, que lhe valeu o Troféu Fronteira da Paz. Ele exaltou o retorno do atacante Borges após se recuperar de lesão muscular e o bom entendimento entre a defesa, o meio-de-campo e o ataque do time gremista no amistoso de domingo.

“O resultado foi bom, mas não foi o mais importante. O equilíbrio entre as três linhas, defesa, meio de campo e ataque. A parte tática foi feita. O Borges também voltou bem. A cada dia que passa a cabeça dele está ficando tranquila quanto a real situação dele”, analisou.

Silas também comemorou o fato do Grêmio não ter perdido nenhum jogador por lesão, já que o confronto foi disputado sob chuva e de modo aguerrido. “Excelente, principalmente porque ninguém se machucou. Jogamos contra uma escola de futebol que é aguerrida. Foi um jogo muito truncado, mas muito leal”, afirmou.