Realizada na tarde desta quinta-feira (2), a audiência entre o atacante Morro García e o Atlético terminou sem acordo no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR). Com isso, uma nova audiência foi marcada para o dia 14 de novembro.

Com contrato até 2016, o uruguaio pede a rescisão de seu vínculo com o Rubro-Negro e ainda cobra valores com relação ao direito de imagem, que não tem sido pago desde janeiro.

O Atlético segue sem se pronunciar oficialmente sobre e o atleta não vem sendo aproveitado no elenco principal do clube, sendo relegado ao time sub-23.