Cabeças de chave número 1 no torneio de duplas do ATP 500 de Queen’s, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya confirmaram favoritismo ao vencerem os britânicos Andy Murray e Dominic Inglot, nesta quarta-feira, em estreia na competição que serve de preparação para Wimbledon. Eles ganharam por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3), e avançaram às quartas de final.

Com o triunfo obtido na primeira rodada no torneio realizado em quadras de grama em Londres, Soares e Peya se credenciaram para enfrentar na próxima fase o espanhol Feliciano López e o bielo-russo Max Mirnyi, que na estreia superaram o britânico Jamie Murray e o australiano John Peers por 2 sets a 1, na última segunda-feira.

A estreia de Soares e Peya estava programada para acontecer na terça-feira, mas acabou sendo adiada para esta quarta por causa de falta de luz natural. O fato fará com que a dupla seja submetida a uma maratona nesta quarta, para quando já está programado o duelo diante de López e Mirnyi.

O brasileiro e o austríaco, porém, liquidaram a partida desta quarta em apenas 1h16min e com isso deverão entrar em quadra em boas condições de lutar por uma vitória. Contra Murray e Inglot, eles aproveitaram três de 12 chances de quebrar o saque dos britânicos, que só conseguiram converter dois de oito break points e acabaram sucumbindo no tie-break do segundo set.

SIMPLES – Atual campeão de Roland Garros, em conquista obtida no início deste mês, Stan Wawrinka não conseguiu dar continuidade ao seu bom momento ao cair na segunda rodada da chave de simples do Torneio de Queen’s. Nesta quarta-feira, o tenista suíço foi eliminado pelo sul-africano Kevin Anderson, que superou o segundo cabeça de chave do evento com uma vitória por duplo 7/6, com 7/4 e 13/11 no tie-break, para ir às quartas de final.

Essa foi a quarta vitória seguida de Anderson sobre Wawrinka, que apenas no ano passado caiu por três vezes diante do atual 17º colocado do ranking mundial. Antes disso, o suíço havia derrotado o rival por três vezes seguidas também.

O resultado obtido sobre o atual quarto tenista do mundo fez Anderson se credenciar para encarar na próxima fase o ganhador da partida entre o ucraniano Alexandr Dolgopolov, algoz de Rafael Nadal na estreia, e o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, também programada para esta quarta-feira.

Em outro jogo já encerrado na chave de simples nesta quarta, o francês Gilles Simon confirmou a condição de sétimo cabeça de chave ao derrotar o australiano Thanasi Kokkinakis por 6/4 e 6/2. Assim, ele também foi às quartas de final e agora espera pela definição do vencedor da partida entre o francês Richard Gasquet e o canadense Milos Raonic para saber quem será o seu próximo adversário.