Atuais bicampeões do Masters 1000 do Canadá, disputado em Montreal neste ano, Bruno Soares e Alexander Peya deram mais um passo rumo ao terceiro título, nesta sexta-feira. Brasileiro e austríaco avançaram à semifinal com uma importante vitória sobre o holandês Jean Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, atuais campeões de Wimbledon.

Soares e Peya venceram em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/4. Com o resultado, o brasileiro alcançou grande marca em sua carreira. Ele anotou sua vitória de número 300 no circuito profissional.

“É um dia especial. Vitória de número 300 é um número que nunca achei que fosse chegar quando iniciei a minha carreira. Ter 300 vitórias nesse nível, é mesmo muito especial”, comemorou Soares, feliz também pelo triunfo sobre os campeões de Wimbledon. “Ganhar da dupla campeã de Wimbledon, número dois na corrida me deixa muito feliz, ainda mais no Canadá, um lugar bem especial para gente.”

Campeões no Canadá em 2014 e 2013, Soares e Peya terão pela frente agora um dupla difícil. O rival deles sairá do confronto entre os irmãos Bob e Mike Bryan, considerados os melhores duplistas da história, e os espanhóis Rafael Nadal e Fernando Verdasco.

“É a nossa primeira semi de Masters 1000 do ano juntos. Todo mundo sabe que a gente demorou um pouco para engrenar, mas já tem um tempo que estamos jogando bem. Espero que a gente possa manter esse nível. Estamos jogando bem e este lugar nos dá confiança. Temos que seguir firmes que a próxima também será pedreira”, comentou Soares.