Atuando ao lado do austríaco Alexander Peya, o brasileiro Bruno Soares se garantiu em mais uma final de um torneio de duplas do circuito profissional do tênis nesta temporada. Eles asseguraram um lugar na decisão do ATP 250 de Eastbourne, na Inglaterra, ao vencerem neste quinta-feira o britânico Jamie Murray e o australiano John Peers por 2 sets a 0, com duplo 6/4.

Cabeças de chave número 1 da competição inglesa realizada em quadras de grama e preparatória para Wimbledon, Grand Slam que começa na próxima segunda-feira, Soares e Peya se credenciaram para enfrentar na final os vencedores do confronto entre a parceria formada pelo polonês Marcin Matkowski e o dinamarquês Frederik Nielsen contra a dupla de britânicos Colin Fleming e Jonathan Marray. Este duelo também está previsto para ser encerrado nesta quinta.

Atuais vice-líderes do ranking mundial de duplas, Soares e Peya buscarão o terceiro título nesta temporada, depois de terem se sagrado campeões do Brasil Open e do Torneio de Barcelona. Em boa fase, eles foram vice-campeões do ATP de Queen’s no último domingo, depois de avançarem às semifinais de Roland Garros. Nas duas ocasiões, o brasileiro e o austríaco acabaram superados pelos irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, maiores duplistas da atualidade.

SIMPLES – Um dos confrontos das semifinais da chave de simples do Torneio de Eastbourne foi definido após o encerramento de duas partidas já encerradas nesta quinta pelas quartas de final. O espanhol Feliciano López e o croata Ivan Dodig venceram seus jogos o duelarão por uma vaga na decisão. O primeiro deles passou pelo seu compatriota Fernando Verdasco por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (8/6). Já o tenista da Croácia derrotou o italiano Fabio Fognini, oitavo cabeça de chave, por 6/3 e 6/2.