O atacante Fernandinho afirmou, nesta quarta-feira, que a chegada de Osvaldo como concorrente por uma vaga no ataque do São Paulo está funcionando como um incentivo extra para ele lutar para se manter entre os 11 titulares escolhidos pelo técnico Emerson Leão nesta temporada.

Apresentado como reforço na semana passada após ser contratado junto ao Ceará, Osvaldo tem chance de ficar no banco de reservas do São Paulo na partida desta quinta-feira, contra o Guarani, no Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Para isso, o seu nome precisa entrar no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para que ele tenha condições legais de estrear pelo clube.

Ao ser questionado nesta quarta se a chegada de Osvaldo o faz sentir pressionado no São Paulo, Fernandinho respondeu: “Pelo contrário, me sinto mais motivado em tentar me manter como titular”. Em seguida, o jogador disse também não se importar com o fato de ainda não ter balançado as redes pelo clube neste início de temporada. “Fazer gols é importante, quero fazer, mas estou feliz com as assistências que tenho dado aos companheiros”, completou.

Na rodada passada do Paulistão, o atacante tabelou com Luis Fabiano no lance que resultou no primeiro gol do São Paulo na vitória por 2 a 1 sobre o São Caetano, no sábado, no Morumbi. Agora, diante do Guarani, Fernandinho deverá formar dupla de ataque com Willian José, que vem treinando no lugar do lesionado Luis Fabiano e foi elogiado por Fernandinho nesta quarta. “O Willian é um atleta novo, tem boa altura e finaliza muito bem. Temos que tentar acertar cruzamentos perfeitos porque dentro da área ele é muito perigoso”, ressaltou.

Já ao comentar o fato de Leão ter testado o novo reforço Maicon no lugar do meia Cícero nos treinos desta semana, Fernandinho garantiu não ter preferência pela escalação de um outro ao seu lado na equipe titular. “Os dois têm facilidades de chegar ao ataque. Quem entrar com certeza vai nos ajudar”, opinou.