As suíças, oitavas no ranking da Federação Internacional de Ginástica, perderam a classificação de maneira controversa, depois que a equipe britânica apelou a tribunais e venceu a causa e a vaga.

Apesar de ser o país sede, as britânicas tiveram que passar por uma seletiva com uma pontuação mínima para garantir a presença nos Jogos. A Federação Britânica de Ginástica estipulou que o índice tinha que ser obtido na fase classificatória da seletiva, e as meninas só conseguiram a marca nas finais. Então foram à Justiça e ganharam a causa. Mas para ficarem com a vaga, as suíças tiveram que ser desclassificadas.

As atletas da equipe suíça de ginástica rítmica ficaram tão perturbadas por perderem a vaga para os Jogos Olímpicos de Londres, que pararam de treinar e foram mandadas para suas casas para serem consoladas pelos familiares, segundo informou o jornal britânico Daily Mail.