Com contrato com o São Paulo até dezembro de 2010, Souza cobra uma valorização da diretoria para continuar no Morumbi, algo que o faça desistir de pensar em trocar a capital paulista por Porto Alegre, onde defenderia o Grêmio. Desde o fim do ano o meia diz ter uma proposta tentadora dos gaúchos. Especula-se que receberia mais de R$ 100 mil por mês.

Muricy Ramalho já avisou que não abre mão de Souza. Ontem ele escalou o curinga como titular da ala direita em um jogo-treino contra o Nacional – vitória por 3 a 0. Mais do que isso: deu todos os indícios de que ele começará jogando contra o Guaratinguetá, amanhã à noite, na estréia do Tricolor no Paulistão. O recém-contratado Joilson ainda não estaria pronto para começar jogando.