A luta do Corinthians para contratar um meia chegou ao fim. Após uma longa novela, o Spartak de Moscou anunciou, nesta sexta-feira, a transferência de Alex, de 29 anos, para o clube brasileiro. O jogador viaja ainda nesta sexta para realizar exames médicos e acertar os últimos detalhes do contrato.

Alex era um sonho antigo do Corinthians, que tentava sua contratação desde o início da temporada. Com tudo certo com o jogador, no entanto, o impasse era com o clube russo quanto ao valor a ser pago pela transferência. Enquanto o Spartak queria cerca de sete milhões de euros, o time paulista estaria disposto a pagar seis milhões.

Após muitas tentativas, o gerente de futebol corintiano, Edu Gaspar, chegou a afirmar nos últimos dias que a negociação estava “bem encaminhada” e revelou que faltavam apenas alguns acertos para que fosse concretizada.

O atleta chega para resolver um problema no meio-campo do Corinthians. A equipe perderá Bruno César, que já está negociado com o Benfica e defenderá o clube português a partir de julho, e o reserva imediato Morais, que foi titular em algumas partidas da temporada, parece não contar com a confiança do técnico Tite e da torcida.

Alex estava no Spartak de Moscou desde 2009, quando deixou o Internacional e era capitão e um dos principais ídolos da torcida do clube gaúcho. No entanto, já havia deixado claro que desejava voltar ao Brasil.

Hoje meia, o jogador foi revelado pelo Guarani, em 2003, como lateral-esquerdo. Suas boas atuações chamaram a atenção do Inter, que acertou sua contratação em 2004. Pelo clube gaúcho teve suas principais conquistas, incluindo a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes da Fifa de 2006.

Com o acerto com Alex, o Corinthians pode diminuir suas investidas em outros meias. O clube já declarou interesse em Paulo Henrique Ganso, do Santos, e no veterano holandês Seedorf, de 35 anos, do Milan.