Cordova será uma das
atrações no fim de semana.

Três dos principais campeonatos do automobilismo nacional e continental abrem a sua temporada neste fim de semana no Autódromo Internacional de Curitiba. Neste ano, o Renault Speed Show by Tim passa a englobar, além da Copa Clio e da Fórmula Renault, a Fórmula 3 Sul-Americana. As provas do maior festival de velocidade do País começam com a F-3, sábado, às 13h45, com a primeira de suas nove rodadas duplas. No domingo, três corridas completam a programação: 10h40 a F-3, 12h a Copa Clio e 13h40 a Fórmula Renault.

?Estou muito animado com a vinda da Fórmula 3, o que vai fazer com que o evento cresça. Os pilotos vão aproveitar ainda mais todo o conhecimento das equipes e os custos terão uma redução significativa com a junção das categorias Fórmula 3 e Fórmula Renault. Estou colocando em prática meu objetivo inicial para o Speed Show, que é dar oportunidade para os jovens talentos brasileiros aqui no Brasil e prepará-los para o mercado europeu?, disse o ex-piloto de Fórmula 1, Pedro Paulo Diniz, presidente da PPD Sports.

Na parte técnica, o evento tem novidades nos motores de duas categorias. Na Clio, no lugar dos propulsores usados até 2004 e que eram movidos a gasolina, serão utilizados os Hiflex de linha, movidos a álcool. Na F-3 Sul-Americana, formadora de pilotos com sucesso internacional como Rubens Barrichello, Helio Castro Neves, Cristiano da Matta entre outros, pela primeira vez os motores Berta, fabricados na Argentina, farão uma temporada completa. Os Berta, com cerca de 255 cavalos, estrearam na última rodada dupla de 2004. ?O coração de qualquer carro de competição é o motor e na Copa Clio e na F-3 esse item tem recebido grande atenção. Para 2005 a novidade é a implantação de um motor bicombustível na Copa Clio, motor esse que já faz grande sucesso no mercado?, disse Carlos Col, presidente da Vicar Promoções Esportivas.

Outra mudança importante na F-Renault acontece no item pneus. No lugar dos Michelin, usados nos três primeiros anos da categoria, estarão os Pirelli fabricados no Brasil. Com isso, os custos da F-Renault cairão bastante, o que deve ajudar a aumentar o número de pilotos no grid. A Copa Clio também trocará os pneus da marca francesa pelos Pirelli nacionais, vendidos a preços mais baixos.

Assiduidade vale R$ 90 mil

Além de novidades técnicas, o Renault Speed Show by TIM vai dar premiação em dinheiro para os carros da F-Renault que largarem em todas as etapas. Os carros terão de cumprir um mínimo de 75% das voltas programadas. Os pilotos que conseguirem completar o estabelecido pela organização em todos os eventos de 2005 acumularão, na temporada, um total de cerca de R$ 90 mil por equipe com dois carros. Esta é a primeira vez em quatro anos de existência que o Renault Speed Show by Tim dá esse tipo de premiação. Como têm objetivos distintos de formação de pilotos em diversos níveis, cada categoria integrante do evento possui pontuação específica. Na F-Renault o vencedor pode acumular até 32 pontos numa só corrida: 30 pelo primeiro lugar, um pela pole position e outro pela volta mais rápida. A categoria escola estabelece pontos para os dez primeiros: 1) 30; 2) 24; 3) 20; 4) 16; 5) 12; 6) 10; 7) 8; 8) 6; 9) 4 e 10) 2 pontos.

Na Copa Clio, um piloto pode marcar até 27 pontos por prova, pois a categoria também dá pontos extras para a pole e volta mais rápida. Na Copa Clio foi mantido o sistema de entrada do safety car quando a prova tiver a primeira terça parte completada. O safety car entra, reagrupa os carros e os cinco primeiros na volta anterior à entrada recebem, respectivamente, 5 pontos, 4 pontos, 3 pontos, 2 pontos e 1 ponto. A pontuação dos dez primeiros: 1) 20; 2) 15; 3) 12; 4) 10; 5) 8; 6) 6; 7) 4; 8) 3; 9) 2 e 10) 1 ponto.

Os motores Berta, construídos na Argentina, terão 255 HP e serão os mais potentes da F-3 no mundo. Melhor do que isso, pilotos e donos de equipe terão interessante redução de custo de manutenção. A F-3 fará seis das nove rodadas duplas dentro do Renault Speed Show. Somente as três, a serem realizadas na Argentina, não integrarão um dos maiores espetáculos de automobilismo do Brasil. A pontuação da principal categoria do automobilismo continental foi mantida no padrão da Fórmula 1: 1) 10; 2) 8; 3) 6; 4) 5; 5) 4; 6) 3; 7) 2 e 8) 1 ponto.