O Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma, seguem com um número elevado de recordes mundiais na natação. Além do alemão Paul Bierdemann, nos 200 metros livre, e do sul-africano Cameron van der Burgh, nos 50 metros peito, outros dois atletas quebraram recordes mundiais.

A britânica Gemma Spofforth bateu o recorde mundial dos 100 metros costas ao vencer a final da disputa com o tempo de 58s12, em uma disputa acirrada com Anastasia Zueva, que terminou a prova em segundo lugar (58s18). O recorde era da russa, com o tempo de 58s48, registrado nas semifinais da prova no Mundial em Roma.

O recorde mundial dos 200 metros livre caiu nas semifinais. Federica Pellegrini se classificou para a final com o tempo de 1min53s67. A nadadora italiana já era a detentora do melhor tempo da prova. Em março, ela havia nadado a distância em 1min54s47.