Coritiba e Sport vão ter que jogar uma partida em casa com portões fechados na reta final do Campeonato Brasileiro. O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou os dois clubes nesta quarta-feira pela ação da torcida pernambucana na partida entre os dois times no Couto Pereira, no segundo turno, e puniram a ambos.

Como os dois times jogam em casa no domingo, ambos devem cumprir a punição nas suas últimas partidas como mandantes no Brasileirão. O Sport pega o Atlético-PR no domingo na Ilha do Retiro e tende a cumprir a punição na penúltima rodada, contra o Corinthians. A equipe pernambucana tem 52 pontos, em sétimo, e luta para chegar à Libertadores.

Já o Coritiba encara o Santos no Couto Pereira no domingo, depois visita o Palmeiras, e deverá cumprir a punição de jogar com os portões fechados diante do Vasco, na última rodada. Os paranaenses ocupam a antepenúltima colocação, com 34 pontos, e brigam diretamente contra o Vasco, lanterna, contra o rebaixamento.

Em partida realizadas em 2 de setembro, cerca de 10 torcedores do Sport agrediram um único torcedor paranaense nas arquibancadas do Couto Pereira. Em vídeo apresentado pela procuradoria, policiais militares aparecem abordando alguns dos infratores, sem detê-los. Por isso, também o Coritiba foi punido. Os dois clubes ainda foram condenados a multa de R$ 50 mil.