O Sport visita o Atlético Paranaense neste domingo, às 11 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 17.ª rodada, com o objetivo de se manter no G4 do Campeonato Brasileiro. O time pernambucano é o quarto colocado com 29 pontos, um a mais do que o adversário.

E para seguir no grupo da Copa Libertadores, o Sport terá que quebrar o tabu de ainda não ter vencido fora de casa neste Brasileirão. Foram seis empates e uma derrota quando atuou longe de seus domínios até aqui. “Em alguns jogos nós estávamos ganhando e acabamos sofrendo gols no final. Mas temos feito grandes partidas fora de casa e vamos em busca dos três pontos para seguir forte na cabeça da Série A”, comentou o meia Marlone.

O técnico Eduardo Baptista confirmou a escalação da equipe com duas alterações. No ataque, Régis ficará com a vaga de Élber e, no meio de campo, o volante Rodrigo Mancha ganhou o lugar de Wendel. O treinador comentou a segunda mudança. “É uma estratégia tática. Não vou revelar para não dar arma. São características diferentes. Mancha possui o estilo que eu quero para esse jogo”.

O atacante André, que teve sondagens de clubes europeus como o Betis e o La Coruña, da Espanha, e o Bologna, da Itália, teve escalação confirmada. E no que depender dele, continuará no Recife. “A minha vontade é ficar aqui e terminar o Campeonato Brasileiro. O Sport é um clube que me acolheu e eu estou feliz. Não tem necessidade de sair agora”, comentou.

André pertence ao Atlético Mineiro e foi emprestado ao Sport até o final do ano. O clube mineiro, que tem os direitos do atacante até o final de 2016, teria interesse em negociá-lo, pois investiu R$ 20 milhões em sua contratação.