Depois de colocar fim a uma sequência de 10 jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, o Sport se prepara para enfrentar as duas piores equipes da competição fora de casa. Nesta quarta-feira, às 19h30, pela 26.ª rodada, visitará o Joinville, o penúltimo colocado na tabela de classificação, na Arena Joinville, em Joinville (SC). No domingo vai encarar o lanterna Vasco no Rio.

Mesmo com uma vitória sobre o Fluminense na última rodada por 1 a 0, o técnico Eduardo Baptista sabe que terá muita dificuldade nos próximos jogos. “Pegar equipes assim requer muita atenção porque jogam a vida deles. O Joinville perdeu, mas vem de bons jogos. É um time bem aguerrido. Não podemos vacilar, não podemos entrar de farol baixo ou achando que as coisas vão se resolver”, disse.

Apesar da sequência negativa, o Sport ainda vislumbra uma vaga no G4 do Brasileirão. Atualmente está na 10.ª colocação com 36 pontos, a cinco de distância do Flamengo, o quarto colocado e que vem de uma excelente sequência de seis vitórias consecutivas.

Para a partida contra o Joinville, Eduardo Baptista conta com o retorno do lateral-esquerdo Renê, que cumpriu suspensão na última rodada. O treinador não confirmou o restante da equipe, mas a tendência é que repita a escalação ofensiva da última vitória.

O meia Diego Souza foi muito elogiado por Eduardo Baptista ao atuar como segundo volante e deve permanecer mais recuado. Na frente, Hernane e André devem atuar novamente juntos e formarão um trio de atacantes com Maikon Leite. Marlone será o responsável pela armação das jogadas. Se optar por mais um volante, Wendel entrará na vaga de um dos jogadores de ataque.