São Paulo – Apenas um ponto e cinco milésimos separam os dois primeiros colocados na classificação geral do Campeonato Brasileiro de Stock Car V8. Na final mais emocionante e equilibrada da história da principal categoria do automobilismo da América do Sul, Giuliano Losacco saiu na frente e garantiu a pole position neste sábado à tarde, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, ao completar a volta em 1m40s018, com média de 155,096 km/h, cinco milésimos de segundo mais rápido do que o líder Cacá Bueno.

Traduzindo em distância, essa diferença é de 2,1 metros dentro dos 4.309 metros da pista paulista. A terceira colocação ficou com Antonio Jorge Neto. A 12.ª e última etapa da temporada será neste domingo, às 10h35 com transmissão ao vivo da Rede Globo.

"Eu e ele tivemos sorte, pois saímos por último e quando a pista já estava seca. Também demos sorte de não ter garoado em nenhum momento durante a nossa tomada de tempo. Com tudo isso a chance de largarmos na frente era muito grande e foi o que aconteceu. Claro que é bom fazer a pole, mas o que vale mesmo é a corrida", disse Losacco.

Vencedor da abertura do campeonato em Interlagos, Cacá mantém a confiança. Na oportunidade, o líder do campeonato largou na segunda colocação no grid. Cacá é o líder na classificação geral com 151 pontos, um a mais que Losacco. Ele foi bastante aplaudido por toda a equipe assim que entrou nos boxes.

"Essa corrida promete muita emoção. Espero que não chova e que o público encha as arquibancadas de Interlagos. Esse resultado reflete um pouco do que foi o ano inteiro. Na manhã deste sábado trocamos motor, câmbio, tudo no carro. Mas ainda falta mais um capítulo desta novela", completou Cacá Bueno.

Na briga pela terceira colocação na classificação geral do campeonato, Jorge Neto tenta roubar a cena na corrida deste domingo. Ele promete não facilitar a vida dos concorrentes diretos ao título.

"Não tenho nada a perder e vou fazer o meu papel, que é ganhar a corrida. Vamos ver como o meu carro vai se comportar. Sei que tenho uma responsabilidade muito grande na decisão do título e não vou prejudicar nenhum dos dois, mas sem deixar de lutar para vencer", disse Jorge Neto.

O treino classificatório deste sábado foi atípico. Vários pilotos abortaram a primeira volta por causa da chuva no início da sessão. No final da tomada, a pista secou e todos abaixaram os tempos.